A pesquisa intitulada “Aplicação do social BPM para modernização de sistemas legados no setor público: uma abordagem focada na participação de stakeholders” analisou a participação de stakeholders no planejamento de processos para modernização de sistemas legados na administração pública. Para isso, foi utilizado para estudo de caso, o Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) do Ministério da Educação (MEC).

O trabalho de autoria dos pesquisadores do NExT/UnB, Rafael Fidelis e Paulo Bermejo, foi apresentado no XXIV Seminários em Administração (SemeAD) da Universidade de São Paulo (USP), realizado em formato virtual entre os dias 10 e 12 de novembro de 2021.

Os resultados da pesquisa apontaram que o maior envolvimento de stakeholders incluindo usuários, gerentes e representantes de órgãos relacionados aumentam a efetividade da modernização de sistemas legados e que determinados processos e funcionalidades poderiam não ser identificados e analisados sem esse envolvimento.

Confira o estudo na íntegra acessando: https://semead.com.br/24/acervo-eletronico/